Veronica Stigger – 6/8/2018

Para ela, todos os textos são narrativas em multiformes modulações, e nos seus livros, a despeito das classificações externas que os dividem em romance, conto e crônica, vamos encontrar versos, peças de teatro, jornal, roteiro e até palestra, como a que vamos ouvir nesse dia 6 de agosto. Passeia pela literatura infantil e como jornalista de formação frequentou redações de rádio, televisão e jornal impresso. Mergulhou na semiótica e na teoria e crítica de arte, áreas em que fez mestrado, doutorado e pós-doutorado. Além de transitar por dentro das formas literárias, borrando seus limites, também promove diálogos entre a literatura e outras linguagens da arte, como as visuais, a performance, o teatro.

Nascida em Porto Alegre, morando em São Paulo, Veronica Stigger já tem 10 livros publicados e coleciona prêmios desde 2010, principalmente com seu romance Opisanie świata (segundo o Google, pronuncia-se Opchiâni chviáta) e mais recentemente também por seu último trabalho, Sul.

A vontade mesmo é dizer: “Veronica Stigger? Meu, uns texto muito loco”, mas como estamos em um festival literário de respeito, podemos dizer que sua obra tem um… “forte poder de estranhamento”.

Arriscamos dizer, e “arriscamos arriscar” que ela vai confirmar isso em sua passagem pelo Litercultura: não se produz tanto, não se fala dessas maneiras tão variadas sem ser uma ouvinte atenta e perspicaz às vozes do mundo. Com vocês, Veronica Stigger.

Ao final, a mediação será de Josiane Orvatich, produtora cultural e psicanalista, graduada e mestre em Filosofia. Foi editora da Juliette Revista de Cinema, coordenou o ciclo de debates Juliette Convida: Grandes Nomes do Cinema Nacional (Caixa Cultural) e a Mostra Juliette de Cinema (Cinemateca de Curitiba). Atualmente, edita o site Tempo de Morangos – Arte e Psicanálise, assina a coluna de cultura Cidade sem fim, no Portal Curitiba em Destaque, coordena o evento Café com Psicanálise e o projeto Dedo de Prosa – Grupo de trabalho em Literatura e Psicanálise.

Fotos: Gilson Camargo

Litercultura – Festival Literário de Curitiba 2018
Apoio: Itaú Cultural
Patrocínio:
 Colégio Medianeira
Co-patrocínio: Marcelo Almeida Cultura
Apoio Institucional: Esc – Escola de Escrita, ICAC, Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura de Curitiba