Rumo ao sul: Vitor Ramil

_DSC6076web

O escritor, compositor e cantor Vitor Ramil, autor da novela Pequod e do romance A primavera da pontuação, fala de sua literatura, da cidade imaginária de Satolep (que dá título a um de seus romances e é um palíndromo de sua Pelotas natal) e da proposta de criar uma “estética do frio” – presente tanto em seus livros quanto nas milongas (ou “ramilongas”) que Ramil compôs a partir da leitura de autores como o argentino Jorge Luis Borges e o gaúcho João da Cunha Vargas e que ele canta e comenta ao final do Litercultura.

28/8, 18h30 – Mesa 11, Palácio Garibaldi. Encerramento.

_DSC6149web