O Haiti é aqui: Rei Seely e Fernando Bonassi

_DSC5675web

Autor de Subúrbio, romance de 1994 que inaugurou nova fase da ficção urbana brasileira, Fernando Bonassi percorreu diversas formas literárias (romance, conto, ficção infantojuvenil, teatro, roteiro) até sintetizar, com Luxúria (2015), sua visão do naufrágio de nossos sonhos de emancipação social. Aos exílios internos de Bonassi se alternam as vivências do haitiano Rei Seely, que se exilou no Brasil para encontrar outras formas de exclusão, das quais se refugia pela literatura, lançando seu primeiro livro de poemas durante o Litercultura.

28/8, 16h30 – Mesa 9, Palácio Garibaldi.

_DSC5736web

_DSC5700web