Sessão de abertura com o argentino Alan Pauls

Litercultura - Curitiba, agosto 2015

A abertura do nosso terceiro capítulo recebeu o escritor, cineasta, roteirista e ator Alan Pauls, na noite de sexta-feira 28 de agosto de 2015, em sessão no Palacete Garibaldi às 20 horas.

Nascido em Buenos Aires em 1959, graduou-se jornalista e foi editor do suplemento cultural do diário Página 12 e também crítico de cinema. Sua carreira na literatura começou com o romance O Pudor do Pornógrafo, publicado em 1984, e seu livro O Passado, de 2003, foi adaptado para o cinema em 2007 pelas mãos de Hector Babenco, diretor do filme Carandiru, de 2003.

Em sua apresentação no festival, Alan Pauls falou de sua trilogia composta pelas obras História do Pranto, História do Cabelo e História do Dinheiro, em que retratou a ditadura militar argentina dos anos 70 a partir do olhar da classe média. A carreira do múltiplo artista também inclui participação no filme Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual, de 2011, em que o criador interpretou um de seus personagens.